quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Sono ajuda a emagrecer. Acredite!

Outro dia estávamos meu amigo e eu assistindo ao quadro do Fantástico Na Medida Certa e começamos a comentar sobre os temas abordados no programa: sobre o sono, emagrecer e que magreza realmente não é sinônimo de ser saudável.  

A magreza, muitas vezes, se dá pela genética da pessoa, o que não significa que ela não tem de se preocupar com o seu estilo de levar a vida. Um magro pode sim vir a engordar, principalmente na região abdominal, mais conhecida como a “barriguinha saliente” e com elas algumas doenças que já foram citadas aqui no blog. (Veja o post sobre Barriguinha Saliente)

Outra dica importante é sobre o sono. Dormir menos de seis horas pode comprometer e retardar o emagrecimento ou, pior, engordar. É fato que com uma boa noite de sono (por volta de oito horas), nosso organismo responde de maneira positiva, melhorando o humor, o funcionamento das nossas células, ajudando a recuperar a energias, além de facilitar a EMAGRECER. Porém dormir em excesso à noite ou de dia mostra-se perigoso para a saúde cardiovascular.

O cochilo de 15 a 30 minutos também ajuda o nosso coração e faz bem à saúde.

Entre magros e gordinhos o importante é escolher o melhor estilo de levar a vida pensando sempre em qualidade do sono, da alimentação e de atividades físicas, pois o nosso corpo cobra por nossas ações. E aquela história de que somos o que comemos, sim, é muito verdade! Seja agora ou no futuro, sempre, o nosso organismo dá sinais do que fizemos de bom ou de ruim para ele.

Para quem tem acompanhado o quadro “Na Medida Certa” do Fantástico, podem tirar boas dicas de nutrição e atividades físicas para melhorar a saúde. Se quiser assistir à reportagem, clique aqui e reveja o programa.


segunda-feira, 11 de julho de 2011

Iogurte no combate às gordurinhas

Assistindo ao Programa Fantástico, neste domingo, em umas das reportagens foi mostrada uma pesquisa americana sobre os vilões e amigos da alimentação que podem levar a um ganho ou perda de peso ao longo dos anos.

Que a batata frita é inimiga da nossa alimentação todos sabemos. Aliás, esse será um ótimo post para falarmos depois. Mas a novidade é sobre o iogurte que ajuda na perda do peso. Não se sabe ainda ao certo o porquê disso, porém acredita-se que com o consumo do iogurte traz uma maior saciedade levando a diminuir a ingestão de grandes quantidades de outros alimentos.

O iogurte é rico em proteínas, cálcio, zinco, vitamina A e vitaminas do complexo B. Ajudam a fortalecer o sistema imunológico, na produção de hormônios, no crescimento de cabelos e unhas mais fortes, na restauração do cálcio dos ossos e dentes, na construção muscular, no combate aos radicais livres que causam o envelhecimento precoce, na cicatrização da pele causada por cortes, acnes e furúnculos, na melhora das funções neurológicas e da visão.

Agora vai aí uma dica: aquele iogurte que compramos nos supermercados é bom para consumirmos diariamente, de preferência os naturais, entretanto podemos fabricar o nosso próprio iogurte que é mais saudável ainda! Isso mesmo: um iogurte caseiro!

É muito fácil! Então confira esta receita de como fazer:

1 litro de Leite;
1 copo de iogurte natural.

Aqueça o leite até QUASE ferver. Não pode ferver porque a temperatura de fervura do leite mataria todas as bactérias responsáveis pela sua fermentação.

Adicione o copo de iogurte natural, misture bem até dissolver todo o iogurte, enrole em um pano de prato e coloque em um local quente (por exemplo, um forno desligado) para facilitar a fermentação e deixe essa mistura descansando por 24h.

Não mexa na vasilha neste período e, depois das 24h, leve à geladeira por sete dias.

Para refazer a receita, ao invés de comprar um novo copo de iogurte use o que você já fez.

Esse iogurte combina com várias frutas como banana, maçã, morango, kiwi, mamão e cerais como granolas. 

Pode adoçar com mel, mas sem abusar da quantidade.

É um saboroso e rico alimento para a nossa saúde.

Bom apetite!

terça-feira, 17 de maio de 2011

Livre-se de Gripes e Resfriados...

O friozinho está chegando e com ele alguns problemas de saúde como: respiratórios, gripes e resfriados que são comuns a essa época. Para não deixar de curtir o inverno, a melhor maneira de se cuidar nesta estação é enriquecer a alimentação com alimentos que nutrem e aumentem nosso sistema de defesa, ou seja, alimentos ricos em substâncias chamadas de ANTIOXIDANTES (Vitaminas e Minerais).

São eles:

Ø  Laranja, limão, acerola, kiwi, couve, brócolis;
Ø  Abóbora, cenoura, manga, brócolis, fígado, damasco e batata doce;
Ø  Germe de trigo, óleo de soja, arroz, milho, nozes, gema de ovo;
Ø  Manteiga, óleos vegetais (girassol, milho, canola);
Ø  Castanha do Pará;
Ø  Carnes peixes, cerais integrais, feijões, nozes;
Ø  Frutas cítrica, vermelhas e vegetais verdes escuros, uvas, limão, espinafre;
Ø  Frutas e legumes vermelhos, tomate, goiaba vermelha, caqui;
Ø  Soja e derivados;
Ø  Chá verde;
Ø  Mel, própolis e geleia real;
Ø  Alho;
Ø  Cogumelos principalmente o Shitake.

Os antioxidantes são importantes, pois ajudam nosso organismo, no combate aos efeitos dos radicais livres que podem causar danos as células.

Se vocês quiserem saber mais sobre esses alimentos ou mesmo sobre outros alimentos, seus componentes e como eles agem em nosso organismo. Fiquem à vontade de comentar logo abaixo e tirar suas dúvidas.

sexta-feira, 13 de maio de 2011

"Evito meu estresse com alimentação saudável..."


Estava eu, hoje, atendendo um dos meus clientes e começamos a conversar sobre vários assuntos relacionados à alimentação e de que forma ela pode ajudar ou, mesmo, prejudicar nosso corpo. 

Papo vai, papo vem e ele me confessou que era ansioso e estressado e com isso o humor dele mudava constantemente a ponto de prejudicar a sua alimentação. Sim. É verdade! O estresse e a ansiedade podem sim mudar o humor como também o tipo e a quantidade de alimento que vamos comer. E digo mais, que a alimentação também ajuda a mudar nosso humor para melhor ou para pior. 

Concordamos que comer é um dos atos mais prazerosos que existe. Mas o que ele não sabia é que alguns alimentos em contato com nosso corpo melhoram o nosso humor. São alimentos que possuem substâncias que atuam no nosso organismo deixando-os relaxados. 

Meu cliente achou que se livraria de todo mau humor, estresse e ansiedade. Esses alimentos não acabam realmente com os fatores que causam esse desconforto, mas diminuem a exposição do nosso corpo a esses fatores ruins.

Então comecei a falar de alguns alimentos que ajudam a melhorar nosso humor e a combater a ansiedade e o estresse.

Frutas cítricas como a laranja, abacaxi e o limão;

Leites, ovos e derivados magros;

Carboidratos: cereais nas suas formas simples e integrais e frutas mais adocicadas: Pães, arroz, aveia, feijão, massas, batata, mel, jabuticaba, uvas, maçãs, morango, manga, kiwi e principalmente a banana;

Carnes brancas, peixes e frutos do mar: frango, peixes brancos e salmão, ostras e lula;

Algumas verduras: Espinafre e alface;

Se vocês quiserem saber mais sobre esses alimentos ou mesmo sobre outros alimentos, seus componentes e como eles agem em nosso organismo. Fiquem à vontade de comentar logo abaixo e tirar suas dúvidas.

Até a próxima.

domingo, 8 de maio de 2011

Barriguinha saliente? Isso pode causar Diabetes...


Nessa última quarta-feira, em minha pós-graduação, tive uma aula muito show sobre hormônios, aqueles que nós conhecemos muito bem durante a adolescência. E o que mais me chamou a atenção foi sobre dois hormônios importantes: a insulina e o glucagon, que ajudam a regular a glicose (açúcar) em nosso organismo.  Tá! Como isso ocorre? É simples. Enquanto a insulina tira a glicose do sangue e joga para células, o glucagon, quando necessário, joga mais glicose na rede sanguínea para novamente a insulina fazer seu papel. 

Bom, em uma pessoa saudável, que pratica esporte e se alimenta corretamente, isso funciona sempre bem, mas já os não-fãs de exercícios e que adoram um fast food devem tomar muito CUIDADO, porque podem desenvolver uma doença muito conhecida e silenciosa: a Diabetes (tipo 2). Não pense que só comendo muito doce que você pode ter uma Diabetes, mas uma alimentação com muita fritura, gordura ou industrializada também pode causar essa doença. 

A Diabetes tipo 1 é genética, ou seja a pessoa já nasce com uma falha na produção da insulina e a glicose se acumula no sangue. Já a Diabetes tipo 2 a pessoa adquire com a idade, caso não tome os devidos cuidados com sua saúde.

Uma pessoa fora do peso ou mesmo obesa é forte candidato a desenvolver essa doença, pois as GORDURINHAS a mais no organismo, principalmente aquela barriguinha saliente, produzem algumas substâncias, que desregulam o funcionamento da Insulina e do Glucagon, além de desenvolver outras doenças como pressão alta, colesterol e doenças do coração. 

Pois é, além de, esteticamente, não ser muito bonito, a barriguinha é uma grande vilã da nossa saúde. Claro que com uma mudança no estilo de vida, como uma alimentação melhor e a prática de exercícios físicos, tudo volta ao normal, os hormônios ficam regulados e a saúde agradece a sua atenção.

sábado, 7 de maio de 2011

O lado ruim da cerveja

Olá!

Estive dando uma olhada em algumas notícias sobre nutrição e me deparei com uma surpresa que tinha como título “Cerveja e variação genética combinados aumentam risco de câncer gástrico”. Na realidade não foi tanto uma surpresa, pois eu já sabia que ela pode causar este tipo de câncer.

Eu achei interessante comentar aqui que algumas pessoas já nascem com uma falha nos genes que são responsáveis por metabolizar o álcool no organismo. Entendeu? Ficou difícil? Então eu vou explicar: quando o álcool entra na rede sanguínea, um dos lugares que ele cai é no fígado e lá é metabolizado (como se fosse ‘digerido’). As pessoas que têm esta falha nos genes, em conjunto com o hábito de beber cerveja, aumenta em até 75% a chance de desenvolver o câncer gástrico. É isso mesmo: 75% de chances!

Os que não têm este problema genético não estão livres de desenvolver a doença, mas têm possibilidades menores, desde que o consumo de álcool seja nulo ou pequeno.

A notícia não acaba por aqui: a pesquisa foi feita com cerveja, vinho e licor, e constaram que o álcool presente SOMENTE NA CERVEJA é o grande vilão da história.

Por isso, atenção! É bom tomar cuidado com o quanto de cerveja você toma, senão... já viu, né!

Se quiser saber mais sobre este assunto, clique aqui e leia a matéria completa no Estadão.

Até a próxima!