sábado, 7 de maio de 2011

O lado ruim da cerveja

Olá!

Estive dando uma olhada em algumas notícias sobre nutrição e me deparei com uma surpresa que tinha como título “Cerveja e variação genética combinados aumentam risco de câncer gástrico”. Na realidade não foi tanto uma surpresa, pois eu já sabia que ela pode causar este tipo de câncer.

Eu achei interessante comentar aqui que algumas pessoas já nascem com uma falha nos genes que são responsáveis por metabolizar o álcool no organismo. Entendeu? Ficou difícil? Então eu vou explicar: quando o álcool entra na rede sanguínea, um dos lugares que ele cai é no fígado e lá é metabolizado (como se fosse ‘digerido’). As pessoas que têm esta falha nos genes, em conjunto com o hábito de beber cerveja, aumenta em até 75% a chance de desenvolver o câncer gástrico. É isso mesmo: 75% de chances!

Os que não têm este problema genético não estão livres de desenvolver a doença, mas têm possibilidades menores, desde que o consumo de álcool seja nulo ou pequeno.

A notícia não acaba por aqui: a pesquisa foi feita com cerveja, vinho e licor, e constaram que o álcool presente SOMENTE NA CERVEJA é o grande vilão da história.

Por isso, atenção! É bom tomar cuidado com o quanto de cerveja você toma, senão... já viu, né!

Se quiser saber mais sobre este assunto, clique aqui e leia a matéria completa no Estadão.

Até a próxima!

4 comentários:

  1. Nossa... tem de mostrar essa matéria para o Felipe e para o Maycon!

    Ui, dá medo! rs

    Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  2. BEM COM ISSO ESTOU FELIZ DETESTO CERVEJA !! E POSTE MAIS !! RS

    ResponderExcluir
  3. Olha...bem interessante...ainda bem que Cerveja não é meu forte...hihihi

    ResponderExcluir
  4. Ainda bem eu não tomo muita cerveja... Digo, ainda bem que eu não tenho problema gástrico. hahahahhaha

    Muito bom saber que devo tomar cuidado, Tiago. Continue com essas notícias porque, querendo ou não, todos temos de tomar cuidado...


    Abraço.

    ResponderExcluir